O visível e o invisível Doces Húngaros Luzes da Cidade Cozinhando para Amigos Maní Viagem a Tóquio Gênios da Humanidade Cozinha Natural Gourmet
Saiba – todo mundo foi neném / A nossa casa é onde a gente está

Saiba – todo mundo foi neném / A nossa casa é onde a gente está

R$35,00


Canções: Arnaldo Antunes, Celeste Moreau Antunes, Alice Ruiz, João Bandeira, Paulo Tatit, Edith Derdyk e Suely Galdino
Desenhos: Dulce Horta

Disponibilidade: Em estoque

Dois  livros com canções de Arnaldo Antunes e desenhos de Dulce Horta...
Valeu a parceria, pois, com os desenhos, as canções Saiba – todo mundo foi neném, de Arnaldo, e A nossa casa é onde a gente está, dele e seis parceiros, ganham uma leitura paralela, com traços que, além de ilustrar, chegam mesmo a subverter, com notável criatividade, o sentido linear dos versos do letrista. O formato também surpreende, são dois livros em um único suporte, vindo também acoplado um cd com as gravações das duas canções.
Arnaldo, conhecidíssimo também por ter integrado a banda de rock paulista Titãs, na qual foi vocalista e compositor de 1982 a 1992, após a saída do conjunto seguiu com sucesso uma carreira de cantor e letrista, na qual se contam êxitos como “Bichos escrotos” (com Sérgio Brito e Nando Reis), “Ninguém”, e outros que o tornaram conhecido internacionalmente.
Neste livro infanto-juvenil aparece uma diferente leitura dos versos de Arnaldo, visto que o sentido deles não é convencional, como também não são convencionais os traços de Dulce Horta. Por isso mesmo, em Saiba – todo mundo foi neném é viável descobrir, nos rostos dos nenéns, placidez, sisudez, contida alegria, insinuando talvez as futuras diferenças na vida das pessoas quando adultas, diversas nos atos e destinos: Saiba, todo mundo foi neném...  Einstein, Freud e Platão também... Hitler, Busch e Sadam Hussein... Quem tem grana e quem não tem” (...)
Humor, filosofia do povo, brincadeira com as palavras encontram-se no livro inteiro, com os desenhos acompanhando com notável originalidade o conteúdo dele.
Em A nossa casa é onde a gente está, canção de Arnaldo, Celeste Moreau Antunes, Alice Ruiz, João Bandeira, Paulo Tatit, Edith Derdyk e Suely Galdino os desenhos ampliam a possibilidade de uma interpretação libérrima, graças à mostra de fantasia e  humor exuberante da desenhista. Basta ler nas páginas 43 e 44 os versos que foram ilustrados: a nossa casa parece um ninho, vem um passarinho pra nos acordar.
Já que o livro existe com essa parceria, é evidente que para apreciá-lo é preciso ver, juntas, canções e ilustrações, no seu todo.
O resultado é descobrir que se teve na vida mais um momento de fruição de arte, humor finíssimo e um espaço oferecido à imaginação e à criatividade, ingredientes que conseguem pôr graça nas coisas mais sérias deste mundo.

Projeto gráfico Emanuel Della Nina (Estúdio DBA)
15x21 cm |  52 páginas | português/capa dura
- Saiba – todo mundo foi neném - ISBN978-85-7234-398-5
- A nossa casa é onde a gente está - ISBN 978-85-7234-399-2

Informe seu nome e email:

Nome: E-mail:

Informe o nome e email do destinatário:

Nome: E-mail:
Mensagem:
© Editora DBA 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Aretha.