Olá, boas vindas!
Frete grátis em compras acima de R$200,00
Rastrear minha compra

Kit - Literatura de vanguarda feita por mulheres


Por:
R$ 161,17

ou 3x de R$ 53,72 Sem juros

Produtos do kit

  • Noite e dia desconhecidos

    1 unidade
Ver todos os produtos do kit
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Descrição Geral

Conheça a literatura experimental & vanguardista feita por mulheres de diferentes cantos do mundo.

 

 

Por que a criança cozinha na polenta

________

De: Aglaja Veteranyi

Primeiro romance e único livro publicado em vida, recebeu vários prêmios na Suíça e na Alemanha, transformando-se em sucesso de público e crítica.

 

Narrado por uma adolescente que se defende da degradação pela óptica infantil, Por que a criança cozinha na polenta é ao mesmo tempo lírico e cruel. Filha do palhaço e da mulher que se pendura pelos cabelos no circo, a irmã mais nova é distraída pela mais velha noite após noite, ouvindo a história em que se cozinha a criança na polenta. Assim, as duas reinventam suas próprias vidas tendo por base os absurdos da realidade. Com o provocador romance de Aglaja Veteranyi, a dba inaugura a falange estrangeira da coleção Risco : Ruído. (Joca Reiners Terron)
Aglaja Veteranyi nasceu em Bucareste (Romênia) em 17 de maio de 1962. Filha de artistas circenses que em 1967 fugiram da ditadura Ceausescu, passou a infância e a adolescência viajando e se apresentando com o circo pela Europa, África e América Latina. Em 1977, passou a viver na Suíça, onde adquiriu sua língua-madrasta, o alemão. Em Zurique, formou-se em teatro, trabalhou como atriz, dramaturga, diretora e professora de artes dramáticas e dirigiu, durante onze anos, uma escola de teatro. Em 1993, foi co-fundadora do grupo de literatura experimental Die Wortpumpe e, em 1996, do grupo de teatro Die EngelmaschinePor que a criança cozinha na polenta (1999) foi adaptado por ela própria para o teatro e traduzido para várias línguas. Seu segundo romance e um terceiro livro, reunindo suas mini-histórias, já estavam concluídos quando, em 3 de fevereiro de 2002, Aglaja decidiu pôr fim à própria vida.

tradução de Fabiana Macchi
14X21 cm | 200 página
ISBN 85-7234-280-x


 

Estudo de interiores para uma arquitetura da solidão

________

De: Cecília Prada

Parece incrível que uma escritora como Cecília Prada ( Bragança Paulista, 1929) seja quase desconhecida no Brasil. Ficcionista, ex-diplomata de carreira, historiadora, dramaturga, tradutora e jornalista com o Prêmio Esso na estante ( pelo polêmico Menores no Brasil: a loucura nua), Cecília é uma das autoras mais completas e inquietantes em atividade. Corrosiva, sarcástica, implacável, no dizer da crítica literária Nádia Battella Gotlib. Como contista, Cecíli publicou Pontomorto e O caso na sala de jantar, que recebeu o Prêmio Revelação APCA.

ESTUDOS DE INTERIORES PARA UMA ARQUITETURA DA SOLIDÃO é uma coletânea inédita de narrativas curtas, escolhida pela coleção Risco : Ruído da DBA para lançar luz sobre essa fascinante autora.

Projeto gráfico de Nelson de Oliveira, Capa de Tereza Yamashita e Miolo de Joça Reiners Terron
Desenvolvimento de capa de Rubens Amatto
14x21 cm | 200 páginas 
capa mole
ISBN 85-7234-314-8


Noite e dia desconhecidos

________

Autora: Bae Su-ah

Neste romance de uma das vozes mais originais e ousadas da nova literatura sul-coreana, o leitor embarca em uma jornada onírica por uma Seul densa e misteriosa. Após perder seu emprego em um teatro para cegos, a atriz Ayami vaga pelas ruas à procura de uma professora desaparecida enquanto a realidade parece pouco a pouco se desfazer, e elementos enigmáticos ressurgem em outros locais, quando o livro nos conduz à ensolarada Valparaíso. Noite e dia desconhecidos remete aos melhores filmes de David Lynch e Kim Ki-Duk ao oferecer um quebra-cabeças surreal que ecoará em nosso pensamento – consciente e inconsciente – por muito tempo.

Tradução: Hyo Jeong Sung

14x21 cm | 160 páginas | capa mole

ISBN 978-65-5826-016-5 


 

Pequenas resistências

________

Autora:Rivka Galchen

A maternidade é um presente, uma fonte de alegria, mas – e ninguém irá negar – também dá um trabalho imenso. Neste livro, um ensaio pessoal composto de reflexões breves e sagazes, Rivka Galchen descortina sua experiência pessoal para mostrar a dificuldade enfrentada pelas mulheres que não querem deixar de lado sua arte e sua personalidade para se tornarem  mães perfeitas.

 

Tradução: Taís Cardoso

14x21 cm | 140 páginas | capa mole

ISBN 978-65-5826-01

Ficha técnica
Código449
CategoriaLiteratura
Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Produtos visitados