Métodos de pagamento

FACEBOOK.png
INSTAGRAM.png

© 2019 by DBA editora

Apresentação: Nina Horta

Tradução: Nina Horta, Luiz Horta e Mário Vilela

 

Os melhores textos da Revista Gourmet selecionados por Ruth Reichl, autora de Conforte-me com Maçãs.

Relatos sobre o universo da culinária, em vários países do mundo, preenchem as 448 páginas de Banquetes Intermináveis.
Assinam os textos vários autores, experts em apresentar comida como personagem, no inconfundível palco que são os restaurantes.
Feitas as viagens em várias regiões do planeta, a primeira memória gastronômica, de M. F. K. Fischer, apresenta, logo de início, entre o prazer da viagem, os esplêndidos locais visitados e bem-humoradas observações sobre comportamento humano, com certa melancolia em torno de que tudo passa e o tempo escapa, irreparável.
Apresentam-se em todo o livro beleza, sofisticação no gênero e belíssimos pratos, com aventuras na Suíça, no Tibet, México, na indefectível Paris.
Finesse e até expectativas gastronômicas fundamentam o interesse desta série de relatos versando iguarias. Assim, lê-se, em Notícias de Paris, página 54: “Voltará a época em que o Maxim’s novamente oferecerá truite vivante au bleu; gratin queues d’écrivisses; baron d’agneau de Pauilla persillé..."
E há mesmo, em Comida sem palavras, página 55, da lavra de Ruth Kim Hai, aventura no Sião, esta observação desalentadora: “Só existem quatro restaurantes autenticamente siameses na cidade. Quase todos os comerciantes e restaurateurs de Bangkok são chineses (...)
Talvez haja leitores que apressadamente ponham olhos gulosos sobre a seção intitulada Sobre Comidas e Receitas, com início à página 388. E prestem culto à África após encantar-se com Mania de gumbo, à página 383, assinado por Eugene Walter. (Notar: a palavra gumbo é pura confusão. Pode significar tudo junto e ser também denominação para quiabo.)
O livro é, então, uma viagem prolongada, feita por um bom número de cronistas, em meio ainda a uma infinidade de sabores e toques de lirismo, ironia, bom humor, saudosismo, a verdade no ramo gastronômico. Por vezes, pode-se até pensar que se lêem trechos de um bom romance.  Sim, mas este livro pode sobretudo ser degustado como um inconfundível e original culto à alegria de degustar e saborear a vida

 

Foto da capa de Richard Kalvar/Magnum Photos
14x21 cm | 448 páginas
Capa mole
ISBN 978-85-7234-350-3

Banquetes Intermináveis

R$ 48,00Preço