Métodos de pagamento

FACEBOOK.png
INSTAGRAM.png

© 2019 by DBA editora

De: Claudio Edinger

 

Fotografia como meio de conhecimento? Registro do real (ou o que se apresenta como real), ou mera interpretação direcionada pelo fotógrafo?
São Paulo: minha estranha cidade linda, de Claudio Edinger, fugindo a essas indagações, tem a proposta de ser “reflexão sobre a urbanidade e sobre nossa capacidade – e incapacidade – de construir uma cidade justa, organizada e agradável”.
Tal proposta tem tudo de arte útil, com finalidade e decisão de intervir, ingrediente que já produziu nos últimos séculos grandes obras, sobretudo em momentos de crise e descrença no próprio homem. No caso deste livro, brilha em cada foto uma visão inesperada,  que começou a existir só naquele momento de fotografar. Mas não bastariam tão-só o insólito e o inesperado, se não justificados pela beleza ali presente. E pela ousadia também, que  exime o fotógrafo de pactuar com o palatável e quotidianamente gasto em fotografia. Daí, na sua epígrafe, o conceito de Henri-Cartier-Bresson: “Foco é um conceito burguês”.
Difícil escolher qual foto mais original e “desfocada” de uma visão que não exige mínimo momento de  reflexão.
Assim, imagens da Estação da Luz , do Viaduto Martinho Prado  ou do edifício Martinelli e toda as demais são leituras comprometidas com a estranheza e com a lindeza de que o título do livro dá conta.
Os textos de  Ernie Nitzberg e de Diógenes Moura falam competentemente da intenção do livro.
Basta, de Diógenes Moura, este comentário: “O fotógrafo singulariza a cidade como um rosto num retrato. Nessas imagens, seus rumos nos provocam uma incerteza avassaladora: quem somos nessa urbe? O que ela pensa de quem a vê?
Para Ernie Nitzberg “tudo nas fotos de Edinger tem as beiradas sem foco, em movimento, no qual os homens, os cidadãos – quando estão de alguma forma presentes nas imagens – parecem átomos a fugir do seu núcleo”.
Vale a pena entrar neste livro e descobrir a verdade que há dentro dele. Verdade às vezes dura, mas tornada arte, e das grandes, neste 13º livro de fotos de Claudio Edinger.

Projeto gráfico de Emanuel Della Nina
24,5 x 34 cm | 144 páginas | português/inglês
fotos coloridas | capa dura
ISBN 978-85-7234-386-2

São Paulo: minha estranha cidade linda, Reflexões sobre uma megacidade

R$ 100,00Preço