De: Sacha Dean Biyan

Prefácio: Cláudia Andujar

 

Trata-se não apenas de um livro de arte, mas também de um poético e instigante meditar sobre o cosmos, o tempo, a diversidade cultural, a necessidade de parceira com a natureza, o homem e seu destino superior.

O texto revela o respirar existencial do fotógrafo Sacha Dean Biyan, nascido e crescido em Montreal (Canadá), mas viajante de muitos recantos do planeta. Reflete, em todas as páginas, amor ao homem e a seu destino - no Equador, Peru, na Indonésia, Guatemala, no Brasil. Um livro que documenta paisagens e rostos, mostrando sobretudo a profundidade espiritual e o mistério que podem impregnar a face do ser humano em todos os continentes, independentemente de sua diversidade cultural.

Como expõe Claudia Andujar, na apresentação: “Sacha erigiu seu interculturalismo em mundos de tradições milenares, que desejam ser respeitadas e descolonizadas. O livro (...) é uma súplica ao respeito, para que essas culturas vivam conforme entendam e sejam respeitados seus ritmos de adequação e mudanças, em tempos sempre mais irrequietos e apressados”.

São oitenta e tantas fotografias, juntadas a oito textos que quase sempre alcançam a tonalidade de poemas em prosa: Origine, Pure, Ceremonia, Momento, Alma, Passage, Revê e Horizon.

Justifica plenamente o último verso do poema Despertar, do próprio Sacha, inserido na página 18: “Bem-vindos ao meu sonho”.

Mas, além do sonho, um engajamento em favor da natureza que “o homem precisa respeitar e entender num nível diferente, tal qual os povos tradicionais fazem há séculos”, como expõe o fotógrafo e escritor de Spiritus Mundi.

 

projeto gráfico Rubens Amatto

28 x 28 cm | 132 páginas | português/inglês

ISBN 85-7234-325-3

Spiritus Mundi

R$ 69,00 Preço normal
R$ 34,50Preço promocional

    Métodos de pagamento

    INSTAGRAM.png

    © 2019 by DBA editora